Brasil e Japão assinam acordo para aprimorar sistema de prevenção de desastres naturais (MCTI)

JC 5374, 15 de março de 2016

Objetivo é produzir alertas mais precisos e reduzir o tempo das respostas nas situações de risco. Projeto piloto será implementado nas cidades de Blumenau (SC), Nova Friburgo (RJ) e Petrópolis (RJ)

Brasil e Japão assinaram nesta segunda-feira (14) um acordo de cooperação na área de prevenção de desastres naturais para melhorar a precisão dos alertas e reduzir o tempo gasto nas respostas. O documento valida condutas e procedimentos definidos por técnicos dos dois países para a instalação de projetos piloto nas cidades de Blumenau (SC), Nova Friburgo (RJ) e Petrópolis (RJ) – todas sofreram com deslizamentos de terra nos últimos anos. O Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden/MCTI) participa da iniciativa, que faz parte do Projeto de Fortalecimento da Estratégia Nacional de Gestão Integrada de Riscos em Desastres Naturais (Gides).

“Isso vai ser um novo experimento em relação à coleta de informações e como se disponibiliza essas informações de forma rápida e integrada com vários órgãos do governo”, explicou o secretário de Políticas e Programas de Pesquisa e Desenvolvimento do MCTI, Jailson de Andrade.

Segundo o pesquisador da área de geodinâmica do Cemaden Angelo Consoni, o aprimoramento do protocolo dos alertas é fundamental para que eles sejam emitidos com mais eficiência para a população. Quanto mais preciso e rápido, menor o risco de calamidades.

“A finalidade do piloto é, principalmente, a precisão dos alertas e o tempo gasto nessa atividade. Então, otimizando fluxos de elaboração de emissão de alertas, juntamente com os municípios e com os estados, nós podemos melhorar significativamente a qualidade dos alertas que disponibilizamos para a população em situações de risco”, afirmou.

O acordo de cooperação também foi assinado pelo Ministério das Cidades, Ministério da Integração Nacional, Agência Brasileira de Cooperação (ABC) e Agência de Cooperação Internacional do Japão (Jica, na sigla em inglês).

Parceria

A parceria entre Brasil e Japão é baseada na troca de experiências entre recursos humanos das duas nações. Desde 2014, duas turmas de brasileiros já receberam capacitação de especialistas japoneses. Além disso, os asiáticos também vêm ao País para o intercâmbio de informações sobre a prevenção de desastres naturais.

“O Japão é uma referência. E essa cooperação tem sido muito boa para nós no sentido de formação de pessoal”, destacou Consoni.

MCTI

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s