Galinhas enxergam as cores bem melhor do que os humanos (Folha de S.Paulo)

RICARDO MIOTO

EDITOR DE “CIÊNCIA” E “SAÚDE”

30/03/2015  02h00

Galinhas são animais de visão, diz a ciência. Perto delas, somos uns daltônicos.

Cientistas descobriram que suas retinas têm cinco cones sensíveis à cor. Humanos têm só três, que enxergam comprimentos de vermelho, azul e verde –o resto é mistura. Galinhas nos superam com um cone para violeta e alguns comprimentos ultravioleta e com um quinto receptor, ainda pouco compreendido.

Tatiane Rosa/Folhapress
Galinha da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da USP, no campus de Pirassununga
Galinha da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da USP, no campus de Pirassununga

Além disso, no ano passado cientistas de Princeton (EUA) mostraram que os átomos do olho da galinha se organizam num estado da matéria inédito na biologia, com propriedades tanto de cristal sólido quanto de líquido. Tal arranjo permite que cores sejam recebidas de forma muito nítida.

Foi assim que o olho da galinha foi parar na revista científica “Physical Review”, entre artigos sobre temas da física como dissipação de energia ou mecânica quântica.

Isso tudo faz com que seja difícil imaginarmos como uma galinha vê cores –só sabemos que é bem mais intenso e, digamos, psicodélico.

Por que a evolução deixou o olho da galinha assim? É uma boa pergunta. As respostas passam pela importância das cores para ela –pense, por exemplo, na plumagem colorida dos parceiros sexuais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s