Comissão mista discutirá posição do Brasil em torno de novo acordo do clima (Agência Senado)

A COP 21 será realizada em Paris no final deste ano com a missão de chegar a um acordo global sobre mudanças climáticas para substituir o Protocolo de Kyoto

A Comissão Mista Permanente sobre Mudanças Climáticas (CMMC) promoverá na quarta-feira (29) audiência pública sobre a COP 21 e as possibilidades de negociações em torno de um novo acordo climático global.

Foram convidados para o debate o embaixador José Antonio Marcondes de Carvalho, subsecretário-geral de Meio Ambiente, Energia, Ciência e Tecnologia do Ministério das Relações Exteriores; Tasso Azevedo, coordenador do Observatório do Clima; e um representante do Ministério do Meio Ambiente.

Na Conferência das Partes (COP), são realizados os encontros dos países que assinaram os acordos sobre biodiversidade e mudanças climáticas na Rio 92.

A COP 21 será realizada em Paris no final deste ano com a missão de chegar a um acordo global sobre mudanças climáticas para substituir o Protocolo de Kyoto, de 1997. O acordo deve entrar em vigor em 2020 e a conferência deve adotar um tratado que inclua todos os países.

O Protocolo de Kyoto não foi assinado pelos Estados Unidos, o que desobrigou os países em desenvolvimento de reduzir as emissões de gases de efeito estufa, responsáveis pelo aquecimento global e pelas mudanças climáticas.

A audiência pública começa às 14h30, na sala 13 da Ala Senador Alexandre Costa.

(Agência Senado)

http://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2015/04/24/comissao-mista-discutira-posicao-do-brasil-em-torno-de-novo-acordo-do-clima

Anúncios

Um comentário sobre “Comissão mista discutirá posição do Brasil em torno de novo acordo do clima (Agência Senado)

  1. Veja o que está no texto acima: O Protocolo de Kyoto não foi assinado pelos Estados Unidos, o que desobrigou os países em desenvolvimento de reduzir as emissões de gases de efeito estufa, responsáveis pelo aquecimento global e pelas mudanças climáticas. Todos sabemos que o protocolo de Quioto foi uma farsa. O que aconteceu acima é uma prova de nenhum país acreditava nisso, é por uma questão consensual perante a
    opinião mundial, com certeza pelo visto em verdade, ninguém queria assinar e aproveitaram o “não” dos EUA para caírem fora. Não verdade
    que controla tudo isso é uma ONG chamada greenspece que recebe muito dinheiro dos países do mundo inteiro para manter uma farsa
    que ainda não é consensual. Lembrem-se como retiraram e por que foram abolidos os organoclorados (cfc’s).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s