Nordeste perde um quinto dos reservatórios de água em 2010 (FSP)

JC e-mail 4304, de 20 de Julho de 2011.

Relatório aponta bacias da região semiárida como as mais críticas.

A região Nordeste do País perdeu, entre outubro de 2009 e outubro de 2010, 20% dos reservatórios de água que possuía no período anterior, segundo a ANA (Agência Nacional de Águas). O dado está em um relatório sobre os recursos hídricos do País, publicado ontem e disponível em http://bit.ly/pnZBqo. Segundo a agência, a perda de reservatórios na região se deve à menor quantidade de chuvas.

Na região ficam as bacias do Semiárido, um dos pontos críticos quanto aos recursos hídricos, segundo o relatório. Também são classificadas assim as bacias do rio Meia Ponte, no Centro-Oeste, e a do Tietê, no Sudeste.

A definição leva em conta a disponibilidade e o uso de água, além da presença ou não de vegetação nativa e como é feito o tratamento dos resíduos sólidos no local. Segundo a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, a ideia é, a partir dos dados do relatório, “focar os esforços nas áreas críticas”.

A ampliação dos serviços de saneamento foi apontada como prioridade pela ministra, principalmente nas cidades de até 50 mil habitantes. O pior índice de qualidade da água é o das áreas de grande densidade urbana.
(Folha de São Paulo)